segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Secadores de mãos preservam o meio ambiente

A utilização de papel toalha, pode ser um problema enfrentado pelas empresas, o custo do papel é alto, gera resíduos, sujeira nos banheiros, e sua produção depende da derrubada de muitas árvores prejudicando assim o meio ambiente desde a produção até a destinação final dos resíduos.

Uma alternativa para substituir o papel toalha utilizado é a instalação de secadores de mãos nos lavatórios.

Veja as vantagens da instalação de um secador de mãos:

Economia de cerca de 95% em relação ao papel toalha, a energia gasta para operar o secador de mãos, é menos que 10% do custo de papel toalha. Incluindo a compra do papel, de sacos de lixo e mão de obra para reposição e coleta de resíduos.

O papel toalha é produzido a partir da polpa e da fibra de celulose da madeira branca, seu rendimento é muito baixo, por isso é necessário derrubar várias árvores para sua produção. A substituição de papel toalha por secador de mãos vai eliminar a geração de resíduos de papel contribuindo assim para uma redução de resíduos enviados para o meio ambiente.

A utilização do secador de mãos promove a higiene, deixando os lavatórios sempre limpos e livres de vandalismo.

No Brasil existem várias empresas que vendem secadores de mãos, solicite um orçamento e a planilha de cálculo custo beneficio.

Vale a pena experimentar além de preservar o meio ambiente, a redução dos custos são significativas.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Investigação de acidente do trabalho pela CIPA

Hoje falaremos sobre como fazer uma investigação de acidente do trabalho. Mas antes de iniciarmos este assunto vamos primeiro aprender alguns conceitos importantes.

Acidente
Evento indesejável que resulta em morte, doença, lesão, dano ou outras perdas.

Incidente
Evento que deu origem a um acidente ou que tinha potencial de levar a um acidente.
Nota: Um incidente em que NÃO ocorre doença, lesão, dano ou outra perda também é chamado de “quase acidente”. O termo “incidente” inclui “quase-acidente”

QUASE-ACIDENTE
Evento ou ocorrência inesperada, relacionada a um trabalhador ou equipamento, que por pouco deixou de ser um ACIDENTE.


É importante fazer uma investigação de acidente muito bem feita pois deles decorrem grandes perdas para as empresas, para os trabalhadores e suas famílias, para a Previdência Social, e para a sociedade, dificultando assim o desenvolvimento da riqueza nacional e a preservação da saúde dos seus trabalhadores.

Primeiramente deve-se criar um formulário para investigação do acidente contendo as seguintes informações:

Informações de identificação: Nome, função, idade, local do acidente, descrição da lesão, parecer do médico.

Informações sobre o atendimento: Primeiros socorros, hora do acidente, descrição do acidente, e testemunhas.

Histórico de segurança: O funcionário teve treinamento? Já se envolveu em um acidente antes? Outros funcionários se envolveram em acidente semelhante? Usava Euipamento de proteção individual? Ouve outros acidentes no mesmo local? Havia sinalização de segurança no local do acidente?

Análise do acidente: Atos inseguros, condições inseguras, fatores pessoas, fatores do trabalho, tipo de acidente.

Elabore um diagrama de causa e efeito, para levantar as causas do acidente. Cada causa levantada vai gerar uma ação a ser feita. Resolvendo as ações, as fontes geradoras de acidentes de trabalho dentro da empresa vão diminuindo e o número de acidentes vai cair dia após dia. Não esqueça de elaborar uma planilha com as estatísticas de acidentes.

Lembrando que a investigação de acidente deve ser feita pela CIPA, envolvendo o acidentado, as testemunhas, e a supervisão direta.

Espero ter esclarecido pelo menos um pouco como fazer uma investigação de acidentes.

Para maiores informações entre em contato aalvessantos46@gmail.com

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Pilhas e baterias

Um dos grandes problemas enfrentados pelas empresas tentar implantar um sistema de gestão ISO 14001 é a destinação de resíduos como pilhas e baterias.

Conforme determinação da Resolução CONAMA 257, publicada em 22 de julho de 1999. Ficam proibidas as seguintes formas de destinação:

Lançamento "in natura" a céu aberto, tanto em áreas urbanas como rurais;


Queima a céu aberto ou em recipientes, instalações ou equipamentos não adequados, conforme legislação vigente;


Lançamento em corpos d'água, praias, manguezais, terrenos baldios, peças ou cacimbas, cavidades subterrâneas, em redes de drenagem de águas pluviais, esgotos, eletricidade ou telefone, mesmo que abandonadas, ou em áreas sujeitas à inundação.


Monte dentro da empresa uma forma de coleta de pilhas e baterias utilizadas, e encaminhe para os fabricantes, a destinação final deste material é de responsabilidade deles.


Lembrando que: É importante sempre comprar pilhas e baterias originais, pois as piratas é impossível fazer tal destinação.


A destinação inadequada das pilhas e baterias fazem com que esses metais cheguem aos seres humanos através da cadeia alimentar.


Veja abaixo as conseqüências causadas por alguns metais pesados.


Cadmio


A emissão de Cd par o ambiente é mediante a incineração de plásticos e outros materiais que os utilizem como pigmento ou estabilizante e pelas pilhas e baterias que contém estes elementos. O cádmio é um dos metais mais tóxicos. A principal via de absorção é a inalação em meios industriais ricos em fumos e poeiras de cádmio. Uma simples exposição a elevadas concentrações de óxido de cádmio pode causar graves irritações pulmonares ou mesmo a morte.


Chumbo


O chumbo é um dos mais perigosos metais tóxicos pela quantidade e severidade dos seus efeitos. É classicamente uma toxina crónica, sendo observados poucos efeitos após uma exposição aguda a níveis relativamente baixos. Pode ter efeitos no sangue, medula óssea, sistema nervoso central e periférico e rins, resultando em anemia, encefalopatia, cólicas abdominais e insuficiência renal; é tóxico para a reprodução e desenvolvimento humanos.


Mercúrio


A medida que o mercúrio passa ao sangue, liga-se as proteínas do plasma e nos eritrócitos distribuindo-se pelos tecidos concentrando-se nos rins, fígado e sangue, medula óssea, parede intestinal, parte superior do aparelhos respiratório mucosa bucal, glândulas salivares, cérebro, ossos e pulmões. è um tóxico celular geral, provocando desintegração de tecidos.

A única maneira de controlar os efeitos destes metais pesados é destinando corretamente as pilhas e baterias, não poluindo assim o meio ambiente e a nossa cadeia alimentar.


terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Aspectos e Impactos Ambientais

Olá pessoal!

Hoje falaremos sobre aspectos e impactos ambientais. Para uma organização conseguir certificação na norma ISO 14001. Primeiramente ela deve fazer um levantamento de seus aspectos e impactos ambientais. Começaremos com algumas definições muito importantes para este trabalho.

Meio Ambiente – Circunvizinhança em que uma organização opera, incluindo ar, água, solo, recursos naturais, flora e fauna, seres humanos e suas inter-relações.

Aspectos Ambientais – Elemento das atividades ou produtos ou serviços de uma organização que pode interagir com o meio ambiente.

Impacto Ambiental – Qualquer modificação do meio ambiente, adversa ou benéfica, que resulte, no todo ou em parte, dos aspectos ambientais da organização.

Veja alguns exemplos de aspecto e impacto ambiental.

Geração de esgoto – aspecto ambiental
Poluição do solo e da água – impacto ambiental

Geração de resíduo de óleo lubrificante – aspecto ambiental
Poluição do solo e da água – impacto ambiental

Consumo de energia elétrica – aspecto ambiental
Construção de uma usina hidrelétrica – impacto ambiental

1º passo
A organização deve criar um formulário para fazer o levantamento de todos os aspectos ambientes que existem. Considerando entradas e saídas dos processos, situações normais e anormais, situações rotineiras e não rotineiras. Os aspectos ambientais levantados serão base para definição do plano de ação e para controle e mitigação de possíveis impactos ambientais.

2º passo
Crie agora uma planilha (plano de ação) para controle dos aspectos, nela deve conter:
Descrição do aspecto;
Característica do aspecto;
Análise do impacto;
Classificação se significante ou não significante;
Classificação se é ponto crítico ou ponto crítico de controle;
Procedimento de monitoramento e controle e mitigação e;
Plano de emergência.

Lembre-se que para conseguir uma Certificação ISO 14001, devemos controlar muito bem o cumprimento dos requisitos legais, o não cumprimento de um requisito legal implica em não obter a certificação.

Para maiores informações entre em contato aalvessantos46@gmail.com

Seja um editor do Ambientalsan

O Ambientalsan convida a todos os interessados em participar do blog a ser um editor.
Para participar envie um e-mail para aalvessantos46@gmail.com solicitando ser editor.

Abraço a todos