terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Óculos de segurança

Vamos conhecer um pouco de óculos de segurança?
O uso de óculos de segurança é importante, pois protege o trabalhador contra respingos, contra impactos, contra luminosidade, e contra raios UVA e UVB.

Todos os trabalhadores que trabalhão em chão de fábrica deve utilizar óculos de segurança como medida de prevenção de acidentes.

O empregador tem por obrigação fornecer os EPI necessários para realização dos trabalhos. E os óculos de segurança é um deles. No entanto antes de comprar óculos de segurança para os trabalhadores observe os seguintes itens:


O equipamento de proteção individual desejado possui Certificado de Aprovação (C.A);
Os óculos atendem a necessidade que a situação exige;
Os óculos são leves e confortáveis;
Possuem cordão de segurança e se esse se solta facilmente;
Possuem tratamento anti-risco;
É necessário tratamento antiembaçante.


Existem vários modelos de óculos no mercado escolha o mais adequado para o tipo de trabalho de sua empresa. E exija que os colaboradores usem os óculos da forma correta.


Faça um trabalho de conscientização mostrando a importância do uso dos óculos.


Aviso: A não utilização de óculos de segurança pode causar CEGUEIRA.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Extintores de incêndio

Olá pessoal!

Hoje vamos falar um pouco de extintor de incêndio: os tipos de extintores, localização e sinalização. Mas primeiro vamos conhecer os tipos de incêndio ou, as classes de fogo.

Os fogos são classificados da seguinte forma:

Classe A: São materiais de fácil combustão com a propriedade de queimarem em sua superfície e profundidade, e que deixam resíduos, como: tecidos, madeira, papel, fibra etc.

Classe B: São considerados inflamáveis os produtos que queimam somente em sua superfície, não deixando resíduos, como: óleos, graxas, vernizes, tintas, gasolina etc.

Classe C: Quando ocorrem em equipamentos elétricos energizados como motores, transformadores, quadros de distribuição, fios etc.

Classe D: elementos pirofóricos como magnésio, zircônio, titânio.

Em todos os estabelecimentos ou locais de trabalho só devem ser utilizados extintores de incêndio que obedeçam às normas brasileiras ou regulamentos técnicos do INMETRO, garantindo essa exigência pela aposição nos aparelhos de identificação de conformidade de órgãos de certificação credenciados pelo INMETRO.

Tipos de extintores

O extintor tipo “Espuma” será usado nos fogos de Classes A e B.

O extintor tipo “Dióxido de carbono” será usado, preferencialmente, nos fogos das Classes B e C, embora possa ser usado também nos fogos de Classe A em seu início.

O extintor tipo “Químico Seco” usar-se-á nos fogos das Classes B e C. As unidades de tipo maior de 60 a 150 kg deverão ser montadas sobre rodas. Nos incêndios Classe D será usado o extintor tipo “Químico seco”, porém o pó químico será especial para cada material.

O extintor tipo “Água Pressurizada”, ou a “Água-Gás”, deve ser usado em fogos Classe A, com capacidade variável entre 10 e 18 litros.

Cada extintor deverá ser inspecionado visualmente a cada mês, examinado se seu aspecto externo, os lacres, os manômetros quando o extintor for do tipo pressurizado, verificando se o bico e válvulas de alívio não estão entupidos.

Cada extintor deverá ter uma etiqueta de identificação presa ao seu bojo, com data de identificação presa ao seu bojo, com data em que foi carregado, e data para recarga e nº de identificação. Essa etiqueta deverá ser protegida convenientemente a fim de evitar que esses dados sejam danificados.
Localização e sinalização dos extintores

Os extintores deverão ser colocados em locais:

De fácil visualização;
De fácil acesso;
Onde haja menos probabilidade de o fogo bloquear o seu acesso.

Os locais destinados aos extintores devem ser assinalados por um círculo vermelho ou por uma seta larga, vermelha, com bordas amarelas.

Deverá ser pintada de vermelho uma larga área do piso embaixo do extintor, a qual não poderá ser obstruída por forma alguma. Essa área deverá ser no mínimo de 1m x 1m.

Os extintores não deverão ter sua parte superior a mais de 1,60 m acima do piso. Os baldes não deverão ter seus rebordos a menos de 0,60 m nem a mais de 1,50 m acima do piso.
Os extintores não deverão ser localizados nas paredes das escadas.
Os extintores sobre rodas deverão ter garantidos sempre o livre acesso a qualquer ponto da fábrica.
Os extintores não poderão ser encobertos por pilhas de materiais.

Fonte: Este texto foi retirado da NR 23, para maior esclarecimentos consulte a NR 23.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Trabalhos em altura

É considerado trabalho em altura a permanência do indivíduo a uma altura superior a 2m em relação ao nível do piso consolidado e a menos de 3m de uma beirada sem proteção.

Os usuários devem inspecionar e manter todos os equipamentos de proteção individual (EPI) tais como:

Cintos de segurança;
Cabos guias com capacidade de no mínimo 2000kg/pessoa;
Talabartes;
Trava quedas etc.

Também devem ser inspecionados as condições das ferramentas de trabalho tais como:

Talhas;
Guinchos;
Balancim;
Cadeirinhas;
Gaiolas;

Andaimes etc.

Vejam agora alguns procedimentos básicos para realização de trabalho em altura.

  • Os trabalhos em altura devem ser realizados somente por pessoa treinada e habilitada para realização destes trabalhos. Deve realizar um treinamento anual com os funcionários e emitido uma carteira de habilitação para o trabalho em altura.

  • Inspecionar as condições dos equipamentos e das instalações de trabalho antes e durante a execução das tarefas;
    levantar os pontos críticos;
    Avaliar riscos e;
    Definir métodos seguros de trabalho.

  • Emitir a Permissão de Serviço Seguro (PSS)

  • Isolar e sinalizar áreas de trabalho em altura com fita zebrada.

  • Não realizar trabalhos em altura sob chuvas e ventos fortes.

  • Quem for realizar o trabalho em altura deve avisar a chefia caso sofram de sonolências, gripes, diarréias etc.

    Cumprindo estes seis procedimentos básicos a realização dos trabalhos em altura serão realizados com mais segurança.

Seja um editor do Ambientalsan

O Ambientalsan convida a todos os interessados em participar do blog a ser um editor.
Para participar envie um e-mail para aalvessantos46@gmail.com solicitando ser editor.

Abraço a todos